segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Está consumado o facto...vae victis

Hoje vou escrever o verde da esperança, contando que esta mesma não venha a ser uma futura desilusão. Espero que o próximo Governo de Sócrates seja capaz de corrigir e fazer esquecer muitos dos erros do passado tenebroso que nos vinha sugando a medula. Estamos fartos do atraso perante os nossos parceiros da UE. Estamos cada vez mais reduzidos a parentes próximos dos países terceiro-mundistas. Estamos ávidos de mudança para melhor. Tenho fé neste próximo Governo, pois creio que vai tentar lavar a imagem que Guterres deixou quando depôs as armas da Governação, tendo oferecido o ouro aos bandidos.

Ontem, apesar de muitos pensarem que não, fui votar mesmo ao cair do pano. Mil rostos de esperança rondavam as salas e corredores da Escola onde decorreu o acto. Alguns, ávidos de conhecer as mudanças, outros cabisbaixos por anteverem essas mesmas mudanças. Valeu a pena, acho eu.

Apesar de ter havido uma redução da abstenção, continua a haver muito cidadão que por razões óbvias necessita que alguém se lembre que não são excluídos da pátria. Terão sempre alguma voz que os represente, nem que seja na contínua virtualidade de funções, sempre sem as mordomias que espero Sócrates vá repensar, em seu devido tempo...e é mais que tempo disso!

Sem comentários: